A Educação Física militarista

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Educação Física militarista

Mensagem por Josivan Reis em Sab Mar 18, 2017 10:02 pm

A Educação Física escolar praticada na época da ditadura militar brasileira, mais precisamente durante o período do governo de Getúlio Vargas no início do século XX, ficou sendo conhecida como Educação Física militarista. Em termos gerais, essa tendência pedagógica foi supostamente delineada nas escolas com o (ou a partir do) modelo de práticas corporais denominado de Educação Física higienista desenvolvido em meados da terceira década do século XX (GHIRALDELLI JÚNIOR, 1988).

A educação física militarista não se resume numa prática militar de preparo físico é acima disso uma concepção que visa impor a toda a sociedade a padrões de comportamento estereotipados, frutos da conduta disciplinar própria ao regime da caserna, seu objetivo principal fundamental é a obtenção de uma juventude capaz de suportar o combate, a luta, a guerra. Para tal concepção deve ser suficientemente rígida para “elevar a Nação” à condição de “servidora e defensora da Pátria”. Sua filosofia era o “aperfeiçoamento da raça”seguindo assim as determinações impostas pelas falsas conclusões encetadas pela biologia nazi-fascista.

A ideia de Educação Física militarista perpassa pela afirmativa de Soares (1992) em que “As aulas de Educação Física nas escolas eram ministradas por instrutores físicos do exército, que traziam para essas instituições os rígidos métodos militares da disciplina e da hierarquia.” Desse modo, a relevância em se pensar as tensões historiográficas acerca da Educação Física militarista significa relativizar a própria identidade da área e seus possíveis reflexos teórico-práticos na sociedade contemporânea. Goellner (2010) apontam que o ato de estudar o passado se torna um instrumento de entender e ressignificar o presente.

Logo, a Educação Física Popular não se pretende “educativa”, no sentido em que tal palavra é usada pelas demais concepções. Ela entende que a educação dos trabalhadores está intimamente ligada ao movimento de organização das classes populares para o embate da pratica social, ou seja, para o confronto cotidiano imposto pela luta de classes (GIRALDELLI JR. 2003).






Josivan Reis

Mensagens : 1
Data de inscrição : 18/03/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum