Os dois lados da Educação Física

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Os dois lados da Educação Física

Mensagem por Steffany AB em Sab Mar 18, 2017 9:25 pm

“Educação Física higienista e militarista eram essencialmente práticas em comparação a fundamentação teórica desenvolvida pela/para a disciplina” (Darido; Rangel). A mesma foi instalada por Getúlio Vargas durante o período da Ditadura Militar, no século XX.

A Educação Física era obrigatória em escolas primárias, normais e secundárias, tendo como instrutores os próprios militares do exército. Sendo a rigidez e a prática de exercícios físicos sistematizados os pontos principais dessa tendência pedagógica, tinham como objetivo assim como no Método Ginástico, na Alemanha, a saúde, a força e principalmente o amor à nacionalidade. A "Juventude Brasileira”, Carta Constitucional de 1937, foi um meio de divulgar o nacionalismo, fazendo centros cívicos escolares para consolidar a ditadura.

Os modelos de técnicas corporais com perspectiva de higiene e de saúde pública ficaram conhecidos como Educação Física higienista, enfatizando a situação historiográfica do país em relação à precariedade dos sistemas básicos de saúde. Já a militarista tinha intenção de formar jovens para defenderem a pátria, os valores e a ética do povo. “Nesse sentido, teoricamente, a Educação Física escolar não somente seria capaz de promover saúde ou disciplinar a juventude, mas também de incorporar o papel de uma prática eminentemente educativa” (Ghiraldelli Júnior).

Logo, há a compreensão entre as duas modalidades da Educação Física e do significado teórico-prático no histórico-contextual pela qual elas estão inseridas. Sendo o militarismo regido pela virilidade patriótica e a higienista pela saúde da pátria.

Steffany AB

Mensagens : 8
Data de inscrição : 18/03/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum